A Fundação Francisco Manuel dos Santos e o Círculo de Leitores identificaram a criação do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, nos anos 80, como um acontecimento de destaque na segunda metade do século XX, no concelho e no País.

As entidades elaboraram uma cronologia da história de Portugal contemporâneo entre 1960 e 2018, que conta com 8 mil acontecimentos de destaque. Um completo e mais abrangente trabalho cronológico sobre Portugal Contemporâneo.

No ano em que Santarém celebra 40 anos do festival, o presidente da Viver Santarém, João Teixeira Leite, destaca que este é um importante reconhecimento que vem reforçar a valor imaterial deste evento e da estratégia definida pelo Município e pela empresa municipal.

PUBLICIDADE

“Trata-se de um importante evento nacional, a sua força e dinâmica justifica que Santarém viva ao longo do ano vários acontecimentos em torno da Gastronomia, é o que estamos a fazer e queremos dar a devida continuidade, somos a Capital da Gastronomia”, assinala o responsável.

PUBLICIDADE
Leia também...

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

“Inspiro-me muito nas minhas vivências e nas raízes em Alpiarça“

Joana Almeirante é natural do concelho de Santa Maria da Feira, mas…

Capela Dourada reabre ao público após obras de restauro e recuperação (c/vídeo)

A Capela Dourada, contígua à igreja de Jesus Cristo, reabriu ao público,…