Torres Novas recebeu, em Setembro, a primeira competição de desenvolvimento de videojogos da região, a GAMEscola Jam. Participaram no evento 19 jovens do Entroncamento, de Tomar, de Minde, Vila Nova da Barquinha, Abrantes, Golegã, Santarém e Torres Novas.

Os programadores tiveram apenas três horas para desenvolver um videojogo completo e o tema era uma surpresa, revelada apenas no início da competição.

A GAMEscola Jam foi promovida pela GAMEscola, uma escola dedicada ao desenvolvimento de videojogos e aplicações com sede na StartUp Torres Novas.

PUBLICIDADE

O vereador do município de Torres Novas, Joaquim Cabral, comentou a experiência de ser um dos jurados da competição:

“Há uns meses eu já tinha estado nas escolas numa actividade de promoção por parte desta empresa, a GAMEscola. Penso que a experiência é enriquecedora. Estou a gostar e muito satisfeito por ver esta dinâmica e todo este interesse dos nossos jovens neste projecto desta empresa, facto pela dinâmica, pelos inscritos que há e pelos trabalhos bonitos que estão a fazer”, explica o Vereador.

“São muito bem vindas estas iniciativas destas empresas ligadas às novas tecnologias, ao digital. Todas são poucas aquelas que vem até nós, que vem para nossa StartUp e que fazem trabalhos também com as nossas escolas. É muito importante apostar nesta área das novas tecnologias para o futuro”, conclui.

PUBLICIDADE
Leia também...

Câmara de V.N. da Barquinha demarca-se de projecto polémico para o Castelo de Almourol

O arquitecto Tomás Reis apresentou à Câmara de Vila Nova da Barquinha…

Insolvência da Fleximol atira trabalhadores para o desemprego

O Juízo de Comércio do Tribunal de Santarém declarou insolvente a empresa…

ISLA negoceia aquisição do edifício dos Correios em Santarém

As administrações do ISLA de Santarém e dos CTT estão a negociar…

Gás de garrafa com preços regulados a partir de segunda-feira até ao final do mês

Os preços máximos para o gás engarrafado, em vigor das 00h00 de…