478 ginastas de Portugal, Espanha, Bélgica, Argentina e Estónia participaram na edição deste ano da Scalabiscup, uma competição internacional de ginástica de trampolins. A organização mostra-se satisfeita resultados “globalmente alcançados” e promete regressar em força em 2022.

O Gimno Clube de Santarém (GCS) enquanto entidade organizadora da Scalabiscup 2021, está “bastante satisfeito” com os resultados globalmente alcançados e com o nível de satisfação que os participantes demonstraram durante e após o término do evento, que se reflectem no comentário geral de que “voltaremos!”.

Entre os dias 8 e 10 de Julho realizou-se em Santarém a 9.ª edição da SCALBISCUP, competição internacional de ginástica de trampolins, que este ano contou com cinco países representados: Portugal, Espanha, Bélgica, Argentina e Estónia.

O GCS, que mesmo tendo em consideração todas as dificuldades e adversidades impostas pela pandemia, conseguiu organizar com sucesso e em segurança o evento, para 478 ginastas. Após a não realização desta prova em 2020, a comunidade gímnica há muito vinha pedindo que houvesse a edição de 2021, pois é sempre um marco no calendário internacional e que este ano teria uma simbologia acrescida com o retorno às grandes competições internacionais. Restrito lote onde a SCALABISCUP ocupa um lugar de destaque.

PUBLICIDADE

Se inicialmente a expectativa apontava para cerca de 350 ginastas, a implementação das medidas sanitárias e o aumento da confiança dos clubes na organização, elevou consideravelmente os números, criando desafios e trazendo ainda mais responsabilidades.

Apesar da grande maioria dos participantes vir de diversos confinamentos e dificuldades em treinar convenientemente, de uma forma geral foi apresentado um elevado desempenho técnico, com muito poucas falhas para o número de rotinas realizadas. Se por um lado isso pode ser uma surpresa, por outro demonstrou o nível de determinação e perseverança dos participantes, bem como o empenho de equipas técnicas e clubes em minimizar os efeitos colaterais da pandemia no desenvolvimento da modalidade. Inclusivamente foram apresentados à comunidade novos valores, que certamente darão cartas na modalidade no futuro e os iremos poder observar em campeonatos do mundo ou jogos olímpicos.

O GCS contou com o apoio institucional da Câmara Municipal de Santarém, Viver Santarém, Federação de Ginástica de Portugal e Associação de Ginástica de Santarém, sem o qual tudo seria bem mais difícil, para o qual faz o público agradecimento. Fruto do acompanhamento e aconselhamento da Direcção Regional de Saúde, foram impostas uma série de condicionantes à implementação do evento por parte do GCS para garantir a segurança de todos.

O clube ainda assim procurou ir um pouco mais além com a implementação, por exemplo, de testagem obrigatória a todas as pessoas credenciadas para o evento e que tivessem acesso ao interior da instalação, bem como a aquisição de diversos equipamentos e produtos para excepcionalmente apetrechar os espaços de forma a proporcionar segurança adicional, levando a que o evento terminasse sem qualquer caso de COVID 19 associado. Esta era a principal meta para a organização, que se encontra muito satisfeita por ter sido plenamente alcançada.

Num momento de dificuldade geral, a realização do evento permitiu ainda dinamizar extraordinariamente a economia da cidade, aumentando as taxas de ocupação da hotelaria e restauração durante praticamente uma semana.

O GCS salienta que mais uma vez ficou provado ser possível organizar em Santarém eventos de elevada qualidade e dimensão e a organização espera em 2022 que todos os recordes sejam batidos e já começou a trabalhar para que a 10.ª edição da SCALABISCUP seja a melhor de sempre e o maior evento desportivo da cidade.

Em termos desportivos, destacam-se os resultados no principal escalão, o Sénior, em cada um dos aparelhos:

Trampolim Individual Feminino
1º Ingrid Maior, Ginásio Clube Vilacondense
2º Beatriz Martins, Lisboa Ginásio Clube
3º Sofia Correia, Sporting Clube de Portugal
Trampolim Individual Masculino
1º Pedro Ferreira, Sporting Clube de Portugal
2º Raul Sanches, Federação Madrilena de Ginástica
3º Ruben Tavares, Sporting Clube de Portugal
Duplo-mini Trampolim Feminino
1º Melania Rodrigues – Ximnasia Pontevedra
2º Sara Guido, Lisboa Ginásio Clube
3º Aintzane Garcia, Ximnasia Pontevedra
Duplo-mini Trampolim Masculino
1º Diogo Cabral, Associação Académica de Espinho
2º David Franco, Club Gimnasia Valladolid
3º Pedro Marques, Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal
Tumbling Feminino
1º Margarida Agostinho, Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal
2º Mariana Cascalheira, Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal
3º Carolina Fatela, Associação de Ginástica do Distrito de Leiria
Tumbling Masculino
1º André Palma, Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal
2º Henrique Nascimento, Associação Académica de Coimbra
3º Ian Zermeño, Ximnasia Pontevedra

PUBLICIDADE
Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…

Árbitro ribatejano apita jogo entre Estrela da Amadora e SL Benfica

João Bento, árbitro da Associação de Futebol de Santarém, vai apitar o…

A festa dos adeptos do Sporting em Almeirim (C/FOTOS)

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se campeão nacional, na noite do passado…