GNR identifica suspeito que deixou imigrante ferido com gravidade

A GNR de Rio Maior identificou um homem suspeito de ter agredido, sábado, um imigrante que ficou ferido com gravidade, caso que motivou um “ajuntamento” de cerca de 90 concidadãos da vítima em frente ao posto da guarda.

Em declarações à Lusa, Pedro Reis, o porta-voz do comando territorial de Santarém da Guarda Nacional Republicana (GNR), disse que o agressor, um cidadão natural do concelho, de 34 anos, está referenciado como sofrendo de esquizofrenia, tendo sido feita participação ao Ministério Público, o que tranquilizou os concidadãos da vítima que se concentraram domingo, 28 de Abril, junto ao posto.

A vítima, um imigrante indiano de 37 anos, com ferimentos no rosto, foi transportada para o hospital depois da agressão, que ocorreu cerca das 19:30 de sábado no Jardim Municipal de Rio Maior, disse a fonte, adiantando que está ainda a ser apurado se o sujeito usou algum objecto.

PUBLICIDADE

Também contactada pela Lusa, a presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, afirmou que este foi um caso isolado, salientando que existe uma boa integração dos cerca de 400 cidadãos estrangeiros que vivem e trabalham no concelho.

A autarca afirmou que, tendo em conta o número de imigrantes no concelho, foi realizada recentemente uma reunião com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, no sentido de aferir se não existem situações de ilegalidade, sublinhando o trabalho que tem vindo a ser realizado pelo gabinete local de apoio ao imigrante.

Segundo a autarca, a grande barreira à integração tem sido a língua, uma vez que muitos destes cidadãos não falam nem português nem inglês.

Isaura Morais adiantou que os imigrantes que se têm instalado no concelho trabalham em empresas da zona, sobretudo na panificação, mas também em restaurantes, e têm trazido as famílias.

Além das crianças que frequentam as escolas do concelho, existem neste momento três turmas de ensino de português para estrangeiros, disse, adiantando ter existido, antes deste incidente, um contacto da embaixada da Índia para uma reunião com o município, que ainda não se concretizou.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS