A GNR recorreu hoje a tiros de pólvora seca para o ar para dispersar as claques do Vilafranquense e Varzim, que se enfrentam na 27.ª jornada da II Liga de futebol, disse o comandante da GNR de Rio Maior.

Segundo informações prestadas à agência Lusa pelo comandante da GNR de Rio Maior, José Lourenço, as autoridades “foram obrigadas a disparar tiros para o ar para dispersar os adeptos”, não se tendo verificado detenções nem feridos consequentes da ocorrência.

Os confrontos terão se iniciado antes do arranque da partida, perto do estádio municipal de Rio Maior, quando cerca de 40 adeptos de cada uma das claques entraram em conflito, arremessando alguns objetos.

Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Atleta do Vale de Santarém assina contrato profissional com o SL Benfica

Henrique Sá iniciou o seu percurso desportivo no SL Cartaxo.

Par de Santarém conquista recorde para Portugal no Campeonato do Mundo das 10Danças

O par Francisco Ramos & Leonor Gonçalves conquistou o 13º lugar na…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…