Guia Gastronómico de Santarém inclui uma centena de restaurantes

O Guia Gastronómico de Santarém, foi lançado, no sábado, 24 de Outubro, na Casa do Campino, no âmbito do festival ‘Sabores e Saberes’. Um documento que reúne informações acerca de uma centena de espaços de restauração do concelho.

A iniciativa pretende ser mais um instrumento de valorização da Gastronomia local, como referiu o presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves.

No lançamento público deste guia, o autarca destacou a “enorme diversidade gastronómica” existente no concelho, o que faz com que cada vez mais pessoas venham a Santarém conhecer os seus restaurantes.

PUBLICIDADE

O autarca referiu que o Guia Gastronómico de Santarém comprova o trabalho e dedicação dos chefs que fazem com que a “excelência da restauração scalabitana” seja cada vez maior e mais reconhecida.

“Há uns anos atrás, falava-se que ninguém vinha almoçar ou jantar a Santarém. Hoje é diferente: as pessoas só vão almoçar aos outros concelhos quando não têm lugar em Santarém. E este foi um trabalho que os restaurantes, juntamente connosco e com a Entidade Regional de Turismo conseguimos nos últimos anos. E o Festival Nacional de Gastronomia (FNG) teve um papel fundamental neste especto como também em muitos jovens de Santarém que se foram dedicando à Gastronomia por via do concurso de Jovem Talento da Gastronomia realizado durante o Festival. Recordo que o primeiro prémio que um dos grandes chefs de Portugal, José Avillez, teve, foi em Santarém. Esse reconhecimento partiu daqui e nós não nos podemos esquecer disso”, afirmou.

Ricardo Gonçalves garantiu, ainda, que a Carta Gastronómica do concelho, será apresentada no próximo ano, em que se continuará a celebrar os 40 anos do Festival de Gastronomia de Santarém. O presidente do município acrescentou que o Guia Gastronómico de Santarém evidencia a aliança que permite o crescimento sustentado do sector pela atracção de novos talentos, cuja fixação no concelho abre um leque de novas dinâmicas de futuro que permite perspectivar a manutenção da vitalidade do sector.

Para o presidente da empresa municipal Viver Santarém, João Leite, este Guia Gastronómico visa, igualmente, dar a conhecer a diversidade e excelência da gastronomia local.

“Da antiga tradição da cozinha local de excelência, ao mais contemporâneo saber que incorpora a tradição e lhe atribui uma nova matriz experimental inovadora da nova geração da cozinha, Santarém firma os seus créditos”, sublinhou.

João Leite acrescentou que o lançamento do Guia Gastronómico pretende dar um impulso à diferenciação do sector da restauração e à sua afirmação de resiliência, sustentado na qualidade e diversidade que o Guia espelha e divulga.

Além de informação acerca dos espaços de restauração, o Guia apresenta uma breve história sobre Santarém, a sua cultura e património e refere ainda os doces tradicionais do concelho como o pampilho, os Celestes de Santa Clara e os Arrepiados de Almoster.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

ADICIONAR COMENTÁRIOS

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *