O Guia Gastronómico de Santarém, foi lançado, no sábado, 24 de Outubro, na Casa do Campino, no âmbito do festival ‘Sabores e Saberes’. Um documento que reúne informações acerca de uma centena de espaços de restauração do concelho.

A iniciativa pretende ser mais um instrumento de valorização da Gastronomia local, como referiu o presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves.

No lançamento público deste guia, o autarca destacou a “enorme diversidade gastronómica” existente no concelho, o que faz com que cada vez mais pessoas venham a Santarém conhecer os seus restaurantes.

PUBLICIDADE

O autarca referiu que o Guia Gastronómico de Santarém comprova o trabalho e dedicação dos chefs que fazem com que a “excelência da restauração scalabitana” seja cada vez maior e mais reconhecida.

“Há uns anos atrás, falava-se que ninguém vinha almoçar ou jantar a Santarém. Hoje é diferente: as pessoas só vão almoçar aos outros concelhos quando não têm lugar em Santarém. E este foi um trabalho que os restaurantes, juntamente connosco e com a Entidade Regional de Turismo conseguimos nos últimos anos. E o Festival Nacional de Gastronomia (FNG) teve um papel fundamental neste especto como também em muitos jovens de Santarém que se foram dedicando à Gastronomia por via do concurso de Jovem Talento da Gastronomia realizado durante o Festival. Recordo que o primeiro prémio que um dos grandes chefs de Portugal, José Avillez, teve, foi em Santarém. Esse reconhecimento partiu daqui e nós não nos podemos esquecer disso”, afirmou.

Ricardo Gonçalves garantiu, ainda, que a Carta Gastronómica do concelho, será apresentada no próximo ano, em que se continuará a celebrar os 40 anos do Festival de Gastronomia de Santarém. O presidente do município acrescentou que o Guia Gastronómico de Santarém evidencia a aliança que permite o crescimento sustentado do sector pela atracção de novos talentos, cuja fixação no concelho abre um leque de novas dinâmicas de futuro que permite perspectivar a manutenção da vitalidade do sector.

Para o presidente da empresa municipal Viver Santarém, João Leite, este Guia Gastronómico visa, igualmente, dar a conhecer a diversidade e excelência da gastronomia local.

“Da antiga tradição da cozinha local de excelência, ao mais contemporâneo saber que incorpora a tradição e lhe atribui uma nova matriz experimental inovadora da nova geração da cozinha, Santarém firma os seus créditos”, sublinhou.

João Leite acrescentou que o lançamento do Guia Gastronómico pretende dar um impulso à diferenciação do sector da restauração e à sua afirmação de resiliência, sustentado na qualidade e diversidade que o Guia espelha e divulga.

Além de informação acerca dos espaços de restauração, o Guia apresenta uma breve história sobre Santarém, a sua cultura e património e refere ainda os doces tradicionais do concelho como o pampilho, os Celestes de Santa Clara e os Arrepiados de Almoster.

PUBLICIDADE
Leia também...

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Rotary Clube de Santarém distingue Sílvia Carreira como profissional do ano

Sílvia Carreira, directora técnica do Lar Gualdim, do Centro Social Interparoquial de…

Câmara de Santarém pede 270 mil euros ao BEI para requalificação de avenida

A Câmara de Santarém aprovou hoje a contracção de um empréstimo de…

Aberto concurso para ingresso de 10 bombeiros para os Sapadores de Santarém

A Câmara de Santarém abriu um Concurso Externo de Ingresso para 10…