Identificado por posse ilegal de 13 aves exóticas

Um homem, com 51 anos de idade, foi identificado no dia 14 de Maio, pelo Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial da GNR de Coruche, por posse ilegal de aves exóticas em cativeiro, no concelho de Benavente.

Os militares da GNR detectaram 13 aves em cativeiro, no anexo de uma residência, sem a respectiva declaração ou registo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES), nomeadamente: Dois Lóris (Lorius Chlorocercus), duas Roselas (Platycercus Eximius) e nove Periquito-dorso-vermelho (Psephotus Haematonotus).

A GNR elaborou um auto de notícia por contra-ordenação contra o suspeito, cuja a infracção, por detenção de espécies exóticas em cativeiro, sem a devida declaração CITES, é punível com uma coima máxima de 10 mil euros.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

Deixar uma resposta