A Golegã tem uma incidência do novo coronavírus superior a 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, números que deixam o concelho em estado de alerta e levar ao recuo nas medidas de desconfinamento.

Segundo os dados hoje revelados pela Direção-Geral da Saúde, o concelho da Golegã apresenta esta semana um taxa de incidência de 243 casos por 100 mil habitantes. A incidência cumulativa a 14 dias do boletim de hoje refere-se aos dias entre 06 e 19 de Maio.

Os dados do ACES Lezíria dão conta que a Golegã contabilizava até ao dia de ontem 11 casos positivos de Covid-19. O concelho teve até ao momento 293 casos confirmados da doença, sendo que 272 já recuperam da infecção. O número de óbitos confirmados é de 10.

PUBLICIDADE

A Golegã é o único concelho do distrito de Santarém acima dos 120 casos por 100 mil habitantes.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Em 11 de Março, na apresentação do plano de desconfinamento, o primeiro-ministro, António Costa, avisou que as medidas da reabertura serão revistas sempre que Portugal ultrapasse os “120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias” ou sempre que o Rt – o número médio de casos secundários que resultam de um caso infectado pelo vírus – ultrapasse 1.

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal subiu hoje para 1,03 assim como a incidência de casos de infecção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias que aumentou para 52,6.

Desde o dia 12 de Maio que o Rt nacional regista uma subida, estando acima de 1 desde 17 de Maio. Os números anteriores destes indicadores, divulgados na quarta-feira, indicavam um Rt de 1,02 e uma incidência de 51,4 casos por 100 mil habitantes.

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) divulgado hoje, os números relativos apenas a Portugal continental revelam que o Rt também subiu de 1,01 para 1,03, sendo ainda registada uma subida de 48,3 para 49,5 em relação ao valor médio de novos casos de infecção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Os dados do Rt e da incidência são actualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Portugal registou hoje três mortes atribuídas à covid-19, 559 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, e nova descida nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos, indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, estão internados em cuidados intensivos 55 doentes, menos três do que na quinta-feira. Quanto aos internamentos em enfermaria, os dados oficiais indicam que estão hoje internados 207 doentes, menos um. As mortes ocorreram nas regiões Norte, Centro e Algarve.

PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Transmissão comunitária preocupa autarcas de Santarém

Os autarcas de Santarém estão apreensivos com a evolução negativa da situação…