IPMA coloca Santarém sob aviso amarelo devido às temperaturas baixas

O tempo frio e seco vai continuar na região pelo menos até ao final da próxima semana. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou Santarém e os todos os outros distritos sob aviso amarelo esta sexta-feira e sábado, 11 e 12 de Janeiro, respectivamente.

Nos próximos dias e pelo menos até quinta-feira, 17 de Janeiro, o tempo vai continuar seco, com céu pouco nublado ou limpo, e um enfraquecimento do vento. As temperaturas mínimas no distrito de Santarém vão rondar os -1 e os 4 graus celsius e as temperaturas máximas vão estar entre os 12 e 16 graus celsius.

As temperaturas mínimas registadas esta quinta-feira, não foram tão baixas como o esperado.

“Hoje as mínimas relativamente aos dias anteriores não desceram tanto como era expectável. Estava previsto o transporte de uma massa de ar com características árcticas vindas do interior do continente europeu, mas o que o aconteceu foi que a massa ficou confinada a Espanha, ou seja, não entrou em Portugal continental”, disse à Lusa a meteorologista do IPMA, Maria João Frada.

De acordo com a meteorologista, esta massa é ligeiramente mais quente, mas ainda assim poderá dar temperaturas muito baixas. Indicou também que as temperaturas máximas vão descer 2 a 4 graus hoje.

“As temperaturas baixas e o vento, que vai soprar moderado, vão dar uma sensação acrescida de frio”, salientou.

Este cenário, segundo a meteorologista do IPMA, vai manter-se no fim de semana e na segunda e terça-feira o vento vai enfraquecer significativamente e prevê-se uma pequena subida dos valores da temperatura.

Já a Proteção Civil alertou para os riscos das temperaturas baixas esperadas na próximas 48 horas, desde a formação de gelo ao perigo de intoxicações por causa de lareiras e braseiras sem ventilação adequada. A autoridade recomenda que se ventilem as casas em que haja lareiras ou braseiras, que se desliguem os aparelhos de aquecimento durante as horas de sono e, na estrada, a adoção de condução defensiva com atenção a troços com gelo.

Em conjunto com a Direção Geral da Saúde, recomenda ainda que a população se resguarde da exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura, que se usem várias camadas de roupa e se prefira sopas e bebidas quentes para aquecer em vez de álcool, “que proporciona uma falsa sensação de calor”.

Todos os distritos de Portugal continental estão, até às 12:00 de sábado, sob aviso amarelo devido à persistência de valores baixos das temperaturas mínimas.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS