Empresas, empreendedores e comunidade escolar e científica reuniram no dia 17 de Maio no Auditório da Escola Superior Agrária de Santarém, para integrar mais uma Mesa Redonda do projecto Bio-Ware. Em destaque esteve novamente a bioeconomia, desta vez como um factor importante para a internacionalização das empresas.

Bioeconomia, bioprodutos, bioideias, bio-serviços encontram-se no patamar de excelência para trocas comerciais internacionais apostando na competitividade, no desenvolvimento sustentável e na circularidade como divisa.

Foi tendo em conta esta premissa que a NERSANT e o Agrocluster levaram à Escola Superior Agrária do IPSantarém, um seminário sobre “Bioeconomia: Pontes para a internacionalização”. A sessão iniciou com a apresentação do Bio-Ware, projecto de promoção da Bioeconomia dinamizado pela NERSANT e o Agrocluster, seguindo-se a intervenção da SPI – Sociedade Portuguesa de Inovação, que apresentou exemplos de sucesso internacionais, alguns deles da região, como a Sofalca e a Silvex.

PUBLICIDADE

Foi ainda dado a conhecer o SCAR – Standing Committee on Agricultural Research, pela voz de José Matos, representante de Portugal nesse Comité, seguido do tópico “Plano de acção para a revisão da Estratégia Europeia para a Bioeconomia” com a intervenção de Carla Brites no INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P..

A sessão fechou com a intervenção Paulo Azevedo, Director Geral da Silvex – Indústria de Plásticos e Papéis, S.A., bem como de Carlos Rodrigues, da mesma empresa, que falaram detalhadamente da experiência da empresa na Bioeconomia.

Na sessão estiveram presentes diversas empresas, empreendedores e representantes da comunidade científica da região, tendo os presentes trocado alguns contactos para a estreitamento de relação entre as partes.

Na sessão marcaram ainda presença, em representação da NERSANT, António Campos, Presidente da Comissão Executiva, Carlos Lopes de Sousa, Presidente do Agrocluster Ribatejo, bem como Marília Oliveira Henriques, Presidente do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior Agrária de Santarém.

O Bio-Ware visa a promoção da inovação e do empreendedorismo de forma a melhorar a comercialização dos resultados científicos associados à Bioeconomia “Verde” (Agroflorestal) e à Bioeconomia “Branca” (aplicações industriais e ambientais). O projecto centra-se no estudo e disseminação de informação sobre a bioeconomia, compreende acções de sensibilização e informação que contribuam para a concretização de projectos inovadores de bioeconomia que possam ser desenvolvidos no seio das fileiras estratégicas da região.

Este projecto pretende sensibilizar e disseminar a importância da bioeconomia e da sua integração nos sectores relevantes para a região, promoção de lógicas de colaboração entre os actores nacionais direccionadas para a identificação e valorização de oportunidades de financiamento e promoção da geração de ideias em torno do desenvolvimento de projectos colaborativos entre empresas e entidades de ensino e de ciência e tecnologia. O BIO-WARE conta com o co-financiamento do COMPETE 2020.

Para mais informações sobre o Bio-Ware, os interessados podem consultar o portal do projeto em www.bioware.nersant.pt ou contactar o  Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da associação empresarial através dos contactos bioware@nersant.pt ou 249 839 500.

PUBLICIDADE
Leia também...

Câmara de V.N. da Barquinha demarca-se de projecto polémico para o Castelo de Almourol

O arquitecto Tomás Reis apresentou à Câmara de Vila Nova da Barquinha…

Insolvência da Fleximol atira trabalhadores para o desemprego

O Juízo de Comércio do Tribunal de Santarém declarou insolvente a empresa…

ISLA negoceia aquisição do edifício dos Correios em Santarém

As administrações do ISLA de Santarém e dos CTT estão a negociar…

Gás de garrafa com preços regulados a partir de segunda-feira até ao final do mês

Os preços máximos para o gás engarrafado, em vigor das 00h00 de…