Programação de Verão em Santarém termina sábado com performance e exposições

A programação “Verão In.Santarém… É um Espanto!”, que começou a 21 de Junho, termina sábado, dia 22 de Setembro, com iniciativas como uma performance do actor Carlos Oliveira e a inauguração da exposição da RAS – Residência Artística de Santarém.

A edição de 2018 da programação de Verão no centro histórico de Santarém, que é dinamizada pelo município em colaboração com uma centena de entidades e agentes culturais, contou com “mais de uma centena de actividades”, afirma uma nota da Câmara Municipal.

Na sexta-feira e no sábado, à noite, o actor Carlos Oliveira leva à cena, no Teatro Sá da Bandeira, a performance “Proposições”, uma “coreografia de relações entre um performer e um colectivo de espectadores”, que se propõe ser “uma experiência social que faz uso das mecânicas do evento teatral para revelar como este condiciona a percepção”.

O espectáculo contou com os apoios da Incubadora D’Artes de Santarém, do Centro de Referência da Dança de São Paulo (Brasil), do Programa de Artistas em Residência e do GEN – Centro de Artes y Ciência, ambos de Montevideu (Uruguai), e ainda das fundações GDA e Calouste Gulbenkian e da Direcção-Geral das Artes.

No sábado de manhã, o rancho folclórico da Ribeira de Santarém actua nas ruas do centro histórico, fechando a programação deste ano do projecto “In.Tradição”, organizado conjuntamente com o Inatel, enquanto, no jardim das Portas do Sol, há uma aula de yoga pela Federação Portuguesa de Yoga e animação desportiva para os mais jovens.

À tarde, no Palácio Landal, Tiago Fróis falará sobre as “Oficinas do Convento”, de Montemor-o-Novo, e do seu projecto artístico, que inclui eventos como o festival Ananil e o festival Cidade PreOcupada, “assim como ciclos de programação associados à criação artística contemporânea, à Paisagem e ao Lugar, em constante relação com o desenvolvimento social integrado da comunidade”.

À noite, os participantes na 2.ª RAS – Residência Artística de Santarém, provenientes de diferentes áreas artísticas, apresentam os trabalhos realizados ao longo da última semana sob o tema “Memórias”, numa exposição que estará patente até dia 29 no Fórum Actor Mário Viegas, no Centro Cultural Regional de Santarém.

As iniciativas desta edição da RAS incluem a pintura de um mural, a realização de uma “escultura social”, realizada em atelier e posteriormente espalhada pela cidade com a interacção do público, uma apresentação de ‘videomaping’ artística, uma aula com o projecto “Incluir”, um concurso de contos, com o premiado a ser divulgado sábado, e um passeio pela cidade com ‘urbansketching’, entre outras iniciativas.

Sábado será o último dia para visitar a exposição “Como eu vi Santarém”, resultante do I Pictorin | Encontro Internacional de Artistas Plásticos em Santarém, no W Shopping e no Centro Cultural Regional de Santarém, com trabalhos dos artistas plásticos participantes, oriundos da Dinamarca, Inglaterra, França, Rússia, Polónia e Portugal.

Até domingo, no Palácio Landal, está patente a exposição colectiva com obras de pintura, desenho e escultura de todos os artistas que participaram no projecto In.Artes desde o início da programação “Verão In.Santarém… É um Espanto!”, em 2015.

Até dia 30, estará ainda aberta ao público a exposição “As pedras testemunhas silenciosas”, de Carlos Amado, Fernanda Narciso e Mário Rodrigues, nas lojas números 35 e 60 da Rua Serpa Pinto.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS