Proteção Civil envia SMS preventivo à população devido a risco extremo

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) enviou hoje mensagens por telemóvel (SMS) às populações residentes nos quatro distritos em estado de alerta vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, para os informar da situação de risco extremo de incêndios rurais.

O sistema de aviso preventivo por SMS foi accionado devido à activação do estado de alerta especial de nível vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, nos distritos de Castelo Branco, Évora, Portalegre e Santarém e do prolongamento da declaração da situação de alerta determinada pelos ministros da Administração Interna e do Ambiente e Ação Climática, refere a ANEPC, em comunicado.

A Proteção Civil precisa que o sistema de aviso preventivo por SMS foi enviado para informar os cidadãos sobre a situação de risco extremo de incêndios rurais e dos cuidados a ter.

PUBLICIDADE

Segundo a Proteção Civil, o SMS foi enviado pelas operadoras móveis a partir das 09:00 e a mensagem foi enviada em português e inglês.

“Risco extremo de incêndio rural. Fique atento. Proibido o uso do fogo. Em caso de duvida: 800 246 246 ou www.prociv.pt / ANEPC”, refere o SMS.

Portugal está em situação de alerta devido ao “significativo agravamento do risco de incêndio rural” até hoje à noite.

No âmbito do reforço da monitorização e o grau de prontidão do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), o estado de alerta especial vermelho significa que o grau de risco é extremo por existir a possibilidade da ocorrência de fenómenos “de intensidade excepcional, dos quais é muito provável que resultem danos muito relevantes e uma redução muito significativa da segurança das pessoas, podendo ameaçar a sua integridade física ou mesmo a vida, numa vasta área”.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS