Residência Artística de Santarém decorre de forma adaptada

A RAS – Residência Artística de Santarém arrancou na terça-feira, 15 de Setembro, em Santarém, adaptando-se às circunstâncias criadas pela pandemia da covid-19, que ditaram igualmente a escolha do tema, “Futuro”, afirma uma nota da Sociedade Recreativa Operária (SRO).

Sem atelier aberto ao público, a RAS mantém, até domingo, os ‘workshops’, com “as devidas condições de higiene e segurança”, a já tradicional pintura de mural, com grupos restritos de artistas, e a exposição final, este ano intitulada “Reflexões de quarentena”, resultado da discussão sobre “as consequências da pandemia e qual o futuro depois desta drástica ocorrência”, afirma a nota.

Com “divulgação constante nas redes sociais”, para manter a interacção com o público, a RAS iniciou-se hoje com a pintura de um mural no pátio do Centro Cultural Regional de Santarém, estando previstos ‘workshops’ de escultura, na sexta-feira, e de ilustração, no sábado, sendo a exposição final inaugurada às 16h00 de domingo no Fórum Mário Viegas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS