O actual presidente da Câmara de Santarém, o social-democrata Ricardo Gonçalves, apresentou hoje publicamente a sua candidatura a um terceiro mandato autárquico, pedindo aos escalabitanos o voto para, depois de dois mandatos “difíceis”, ser ele a construir o futuro.

Escolhendo para a sua campanha às eleições, que se realizam dia 26 de Setembro, o slogan “Santarém um concelho para o futuro”, Ricardo Gonçalves contou com a presença do eurodeputado Paulo Rangel na apresentação, que aconteceu na Praça Sá da Bandeira, no centro histórico da cidade, com transmissão nas redes sociais devido às limitações impostas pela pandemia da covid-19.

Com os nomes da equipa que o acompanha nesta candidatura, bem como dos candidatos às 18 juntas de freguesia do concelho, a serem anunciados na próxima semana, Ricardo Gonçalves apresentou-se como “um filho da terra” que gosta “muito, muito de Santarém” e que dá “muita importância ao contacto pessoal”.

“Sou um de vós”, afirmou, referindo depois as marcas dos seus dois mandatos, de que destacou o ter colocado “as contas em dia” e, ao mesmo tempo, ter aumentado o investimento e baixado impostos.

PUBLICIDADE

Reclamando “pragmatismo, rigor e capacidade de execução”, o recandidato afirmou que traz consigo a experiência de que Santarém precisa para apresentar projectos e aproveitar os fundos do Plano de Recuperação e Resiliência e para gerir as novas competências delegadas pela administração central nos municípios.

Paulo Rangel referiu-se a Ricardo Gonçalves como um “autarca modelo” do PSD, augurando funções a nível nacional fruto da experiência enquanto presidente de Câmara.

Rangel apontou a “gestão cuidada das contas públicas” e o “trabalho de formiga que ninguém vê”, mas que é decisivo para a construção do futuro prometido pelo slogan da candidatura, o qual, disse, revela a preocupação do candidato de “deixar um legado”.

Entre as ideias que deixou hoje, Ricardo Gonçalves referiu a criação de “dois grandes clusters” no concelho, um na agro-indústria, já em curso, e outro na área da saúde, em que, disse, Santarém se posiciona para ser referência em Portugal e na Europa.

Apontando como “um dos grandes desígnios” um crescimento da população do concelho, em 10 a 15%, nos próximos cinco anos, o candidato reafirmou o compromisso na construção de habitações para os mais carenciados e na requalificação do espaço público, salientando que Santarém se encontra já entre os 30 concelhos do país com maior Produto Interno Bruto (PIB) ‘per capita’ e que apresenta baixas taxas de desemprego.

Como atractividade à fixação e atracção de população referiu ainda o património natural, que se tornou “muito atractivo” devido à pandemia da covid-19.

Além das “muitas obras estratégicas em curso”, apontou o projecto do Museu de Abril e dos Valores Universais, em fase de concurso para elaboração de projecto, e o aumento da visitação a Santarém, devido ao património, mas também pela gastronomia, graças aos vários restaurantes que se tornaram “referência nacional”.

Economista de formação, Ricardo Gonçalves iniciou o seu percurso político autárquico aos 25 anos, primeiro como presidente da junta de freguesia da Azóia de Baixo, de onde é natural, e, a partir de 2005, no executivo municipal, primeiro como vereador de Francisco Moita Flores, o qual substituiu na presidência quando este renunciou em 2012, sendo depois eleito presidente nas eleições autárquicas de 2013.

Nas autárquicas de 2017, o PSD conquistou 43,2% dos votos, elegendo cinco elementos do executivo, ficando os socialistas com os restantes quatro (34,1%).

Além de Ricardo Gonçalves, até ao momento são conhecidas as candidaturas à Câmara de Santarém de Manuel Afonso, deputado e presidente da concelhia do PS, de Fabíola Cardoso, deputada pelo Bloco de Esquerda, de André Gomes, médico, pela CDU, de Pedro Frazão, médico veterinário, pelo Chega, e de Alexandre Paulo, responsável de recursos humanos, pelo CDS.

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de Setembro.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…