Santarém prepara cinco dias de folia no ‘Sambódromo’ de S. Bento


Um desfile com a participação de 2130 crianças vai abrir, na manhã do dia 01 de Março, as celebrações do Carnaval em Santarém, que este ano decorrem sob o lema “Alterações Climáticas”, anunciou hoje o município.

Inês Barroso, vice-presidente da Câmara Municipal de Santarém com o pelouro da Educação e da Cultura, afirmou hoje, em conferência de imprensa, que o município reforçou os apoios a uma iniciativa que pretende que seja “agregadora de esforços”, ao envolver muitas das associações do concelho.

PUBLICIDADE

O programa do Carnaval em Santarém conta, além do envolvimento dos jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo do concelho no desfile de abertura, com a participação das associações e colectividades das freguesias, nos corsos agendados para sábado à noite e terça-feira à tarde (dias 02 e 05), e ainda com utentes de cerca de 90 por cento das instituições, centros de dia e lares, no “baile interinstitucional” que se realizará no dia 01, à tarde, na Casa do Campino, animado pelo ‘Madeira Show’, .

Este ano, o evento incluirá ainda uma iniciativa para as famílias, denominado “Carnaval das Famílias” que se vai realizar no sábado, dia 02, à tarde, a partir das 15:00, e que o município quer que seja um momento de “convívio e confraternização”.

Para o desfile nocturno de sábado, que se vai realizar no “sambódromo” que o município voltará este ano a criar no bairro de S. Bento, em antecipação do corso de terça-feira à tarde (a decorrer no mesmo local), foi pedido aos grupos participantes que coloquem iluminação nos carros alegóricos.

Inês Barroso afirmou que o município mantém uma ajuda financeira às associações visa uma “maior qualidade dos trajes e enfeites dos carros alegóricos”, sendo que as associações que participem com grupos de um mínimo de 20 pessoas e carros alegóricos nos dois desfiles receberão 800 euros (500 para as que participem só num dos dias) e as que não tenham carro alegórico receberão 200 euros (100 se participarem só num dos dias).

No corso de terça-feira de Carnaval haverá prémios para os melhores: 1000 euros para o primeiro prémio, 700 para o segundo e 400 para o terceiro. O grupo ‘mais folião’ receberá um cheque de 600 euros. Mas só poderão candidatar-se os grupos que participem nos dois desfiles.

Inês Barroso afirmou que as expectativas para este evento “são altas”, prevendo uma “enorme criatividade” e diversidade de temas nas escolhas dos participantes e das associações.

“A filosofia que temos seguido é a do envolvimento de todos. Seria, porventura, mais fácil, contratar uma Escola de Samba para fazer a animação mas não é isso que se pretende: o que queremos é que todos se envolvam num evento que é de todos e para todos”, concluiu.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS