Santuário promove encontros de reflexão sobre Fátima

Um convite ao peregrino reflectir sobre o fenómeno de Fátima é o que pretende o Santuário com o ciclo de encontros de reflexão, subordinados ao tema genérico “Fátima: vidas em Deus”, que começa no próximo domingo.

O primeiro encontro, que terá como ponto de partida uma conferência da religiosa Sandra Bartolomeu, da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, visa a reflexão sobre o tema “Fátima: viver nessa luz que é Deus”.

“Há muito que Fátima se tornou sinónimo de espiritualidade e de luz. São muitos os que, rompendo o quotidiano, rumam a este lugar-santuário movidos, ainda que remotamente, pela hipótese de poder tocar e tornar próprio, em alguma medida, o mistério aqui vivido. Num contexto social marcado por múltiplas buscas e caminhos de espiritualidade, podemos perguntar-nos: Que luz é essa que em Fátima se oferece? Que espiritualidade, isto é, que vivência dessa luz nos é proporcionado pelo acontecimento de Fátima?”, segundo uma nota sobre a conferência de Sandra Bartolomeu, freira licenciada em Artes-Plásticas e Ciências Religiosas e que é, também, pintora.

PUBLICIDADE

O ciclo de encontros, que terá como palco a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, continuará em 08 de Março, com a conferência “Jacinta Marto, uma entrega até ao fim” pela Irmã Ana Luísa Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, “Lúcia, uma vida plena de Luz” pela Irmã Ângela Coelho, vice-postuladora da Causa de Canonização da Irmã Lúcia (07 de Junho), “Fátima: histórias de santidade”, por Marco Daniel Duarte, director do Departamento de Estudos do Santuário (06 de Setembro) e “Fátima, escola de santidade” pelo padre carmelita Joaquim Teixeira (08 de Novembro).

Após as conferências, abertas a todos os peregrinos, terá lugar um momento musical. Neste domingo, actuará o Aeternum Vocal Ensemble, grupo formado em Outubro de 2018, que se dedica à interpretação e difusão do repertório musical sacro das várias épocas da história da música, nomeadamente de autores Portugueses.

Os ciclos de encontros – cinco por ano – tiveram início em 2018.

Segundo uma nota do Santuário, este ano as conferências vão “apresentar Fátima como chamamento à vida em Deus, abordando temáticas como a vocação baptismal à santidade, a conversão como recentramento da vida em Deus e as dimensões de uma espiritualidade cristã à luz da mensagem de Fátima”, num ano em que se assinala o centenário da morte de Jacinta Marto, vidente de Fátima canonizada – conjuntamente com o seu irmão Francisco – pelo Papa Francisco em maio de 2017.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS