O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) notificou oito cidadãs estrangeiras para abandono do país e outras três com possibilidade de regularização, durante uma operação de fiscalização num espaço de diversão nocturna, na região de Santarém.

Em comunicado, o SEF afirma que as oito cidadãs estrangeiras têm um prazo de 20 dias para abandono do território nacional, por se encontrarem em situação irregular no país, e as outras três foram notificadas a comparecer nas instalações do serviço de Santarém, por se verificar existir possibilidade de regularização.

Na operação, que recebeu o nome de “Flora” e foi realizada em cooperação com a Autoridades para as Condições do Trabalho, a GNR e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, foram identificadas cerca de 150 pessoas (51 eram cidadãos estrangeiros) e foi instaurado um processo de contraordenação à entidade gestora do espaço de diversão noturna.

PUBLICIDADE

Numa outra ação, igualmente na região de Santarém, o SEF, com o apoio de elementos da PSP, efetuou um controlo documental a todos os passageiros do comboio internacional Lusitânia Comboio Hotel/Sud-Express, tendo sido identificadas 113 pessoas, das quais 76 eram estrangeiros de 22 nacionalidades diferentes, sem que fosse detetada qualquer situação de irregularidade.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Distrito de Santarém apenas com um concelho em Risco Muito Elevado

O Governo reviu ontem a listagem dos concelhos de risco e o…