Valorizar pouco o que temos. Ter o hábito de dizer mal. Muitas vezes apenas porque sim. Sem sequer se ter a noção do que diz ou porque se diz. Porque se dizer-se bem, até se pode parecer diferente e ir contra a corrente. Contra aquilo que é a opinião fácil.

Dizer mal não obriga a justificações. Por regra, as pessoas aceitam o dizer mal e a seguir sai um “é isso mesmo”; “tem toda a razão”; “uma porcaria”; “não fazem nada”; “só falam uns com os ouros”. Dizer bem é diferente. Obriga a justificar e a ser escrutinado.

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) é um exemplo do bom Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Com os impostos que pagamos, podem muito bem alocar uma boa parte das verbas à Saúde. E, já agora, aos diversos Centros de Saúde deste concelho e ao seu Hospital.

O segredo é simples: temos profissionais de Excelência.

Há todo um lado técnico e profissional que deve ser valorizado.

Há um profundo lado humano e de respeito que merece ser enaltecido.

Há anos e anos de estudo, prática e de muito trabalho.

Não apenas dos Médicos e das Médicas. De Enfermeiras e Enfermeiros. De Técnicos e de Especialistas. De pessoal auxiliar. De recepcionistas e seguranças.

Ainda recentemente constatei isso. Sim, há, como é natural, uma ou outra maçã podre, como acontece nos pomares.

Mas, isso não coloca em causa todo o Hospital. Todo um Centro de Saúde.

Todo o SNS.

Pelo contrário.

Quem destoa só valoriza quem emprega e utiliza todo o seu saber e demonstra um profundo lado humano. Que muitas vezes, mais não é, do que a diferença entre a edução e quem não a tem. Entre o respeito e a falta dele. Entre o civismo e a sua inexistência. Ou apenas entre a incompetência e os melhores.

Só tenho a dizer bem do HDS e do SNS em Santarém.

Assim tem sido ao longo da vida. E assim espero que continue.

A minha Mãe passou no HDS os seus últimos dias de vida.

E guardo com profunda admiração e enorme respeito os muitos gestos de diversos profissionais daquela casa para com a minha mãe e com a nossa família.

Pessoas que não nos conhecem de lado algum. E que foram com a Mãe e connosco aquilo que são certamente com todas as pessoas que ali têm de ir.

Porque são profissionais de Excelência. Num SNS que tem de visar a Excelência E que tantas vezes se diz mal “apenas porque sim”.

O SNS merece ser valorizado. Os seus profissionais merecem o justo reconhecimento.

Por muito que se invista em betão e máquinas, a valorização tem de começar sempre pelas pessoas. Elas são a base de qualquer organização. É isso que importa relevar. É essa Excelência que devemos agradecer.

Eu agradeço.

Aos profissionais do HDS e do SNS.

Competentes. Briosos. Que fazem com paixão o seu trabalho. Com um profundo lado humano.

A vós, deixo o meu profundo Obrigado.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.