Sociedade Recreativa Operária aposta no Teatro

A Sociedade Recreativa Operária de Santarém criou um grupo de teatro de comédia, recuperando o Grupo Cénico que existiu quando a colectividade, criada em 1915, era “uma das mais importantes na dinâmica teatral da cidade”.

Na noite desta sexta-feira, 2 de Outubro, o grupo apresenta uma peça de homenagem ao poeta António Botto, que será apresentada durante um jantar temático.

Frederico Corado, detentor dum largo curriculum no teatro nacional, é o novo encenador e director artístico deste Grupo de Teatro.

PUBLICIDADE

Criada para desenvolver actividades culturais e de promoção social e cívica, dirigidas aos operários, com o objectivo da “ocupação saudável de tempos livres e de lazer”, a SRO, que tem por patrono Francisco Nunes da Silva, o padre que contemplou a defesa dos operários no seu testamento, fundou o seu grupo de teatro em 1916, extinto na década de 60.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS