Trovoada provocou oito ignições de incêndio no distrito de Santarém

Foto: Victor Gago

A proteção civil registou até ao início da manhã dezenas de ocorrências, algumas delas relacionadas com a trovoada que se fez sentir durante a noite e provocou algumas ignições, no distrito de Santarém.

Segundo disse à Lusa fonte Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), a região centro do país foi a mais afectada. Santarém registou oito ignições de incêndio durante a madrugada.

PUBLICIDADE

O mau tempo provocou dois incêndios de alguma dimensão na região de Santarém. Um fogo num povoamento florestal em Ferreira do Zêzere chegou a mobilizar 87 operacionais e 25 viaturas e um outro em Ourém mobilizou 29 operacionais e oito viaturas.

“Estas ignições foram devido à trovoada que se fez sentir, e que foram fazendo dispersar os meios ao longo dos vários distritos, mas felizmente só há a registar danos materiais de floresta”, disse à Lusa o comandante Carlos Pereira, da ANPC.

Portugal continental tem hoje 12 distritos sob aviso amarelo, o terceiro mais grave, por causada trovoada: Bragança, Viseu, Évora, Guarda, Vila Real, Setúbal, Portalegre, Beja, Lisboa, Leiria, Santarém e Castelo Branco.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS