Autarquia de Santarém aposta na limpeza urbana e contrata funcionários

O Município de Santarém aprovou na segunda-feira, dia 20 de Julho, em reunião do Executivo Municipal, integrar a Associação “Limpeza Urbana – Parceria para Cidades + Inteligentes e Sustentáveis”. Esta adesão pretende, por um lado: “desenvolver os serviços de limpeza urbana nas cidades” e “reforçar a mobilização social para comportamentos mais responsáveis”.

A Associação ALU – Limpeza Urbana – Parceria para Cidades + Inteligentes e Sustentáveis, foi constituída em Maio de 2019, e tem como objectivo valorizar os serviços de limpeza urbana e os seus colaboradores, através de uma rede de entidades locais e parceiros públicos e privados, que fomente a eficiência, a investigação e inovação, integrando o cidadão como peça-chave da limpeza urbana, na perspectiva da Economia Circular e das Smart Cities.

A Câmara de Santarém passa a integrar uma rede, constituída por 25 municípios, três empresas municipais e duas freguesias, que pretende tornar as cidades mais sustentáveis e inteligentes, num contexto caracterizado pela produção excessiva de resíduos, pelo aumento da população nas cidades e por uma mudança de paradigma na limpeza urbana que passa pela economia circular, pela descarbonização e pela sustentabilidade.

PUBLICIDADE

A par disso, a autarquia vai também lançar um concurso público internacional com vista à contratação de serviços de Recolha indiferenciada de Resíduos Urbanos, Manutenção, Fornecimento, Lavagem, Desinfecção de Contentores, Recolha selectiva de Monos e Recolha selectiva de Resíduos Verdes, nas 17 Freguesias/Uniões de freguesias rurais do concelho de Santarém e Recolha de Resíduos de Construção e Demolição e Recolhas especiais de Resíduos nas 18 Freguesias/Uniões de Freguesias do Concelho.

Esta decisão, aprovada em reunião do Executivo Municipal, prevê a contratação do serviço pelo valor de 6.047.000,00 euros, acrescidos de IVA, pelo período máximo de 8 anos.

O executivo decidiu ainda abrir procedimentos concursais, com o objectivo de recrutar cinco trabalhadores, necessários para o Departamento de Ambiente Sustentabilidade e Espaço Público.

A proposta prevê a abertura de concursos para colmatar lacunas existentes neste serviço: dois Assistentes Operacionais (Coveiro), um Assistente Operacional (Serralheiro), um Assistentes Operacional (Canalizador) e um Assistente Operacional (Calceteiro).

O recrutamento para preenchimento destes postos de trabalho contempla que possam ser contratados trabalhadores com e sem vínculo de emprego público ou com vínculo de emprego público a termo.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS