U. Santarém continua na Taça de Portugal por utilização irregular de jogador na equipa adversária

A União de Santarém passou à segunda eliminatória da Taça de Portugal devido ao Lourinhanense ter sido punido com derrota, pela secção não profissional do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, por utilização irregular de um jogador no jogo da passada quarta-feira.

A União de Santarém tinha sido derrotada por 1-0 no prolongamento do jogo em atraso a contar para a primeira eliminatória da Taça de Portugal, mas acabou por vencer o jogo na “secretária” porque o Lourinhanense utilizou indevidamente um jogador que tinha sido expulso na anterior da Taça de Portugal.

O jogador em causa, Renato Martins, foi expulso na edição da Taça de Portugal 2019/2020, quando estava no Pêro Pinheiro e tinha de cumprir castigo na mesma competição mas acabou por ingressar o onze da equipa, o que valeu a eliminação da prova ao Lourinhanense.

PUBLICIDADE

A União de Santarém vai agora enfrentar na segunda ronda da prova rainha, o Vilaverdense, no próximo dia 28 de Outubro. Se vencer no Minho, a equipa escalabitana recebe o Olímpico do Montijo, no Campo Chã da Padeiras.

Jogo de domingo adiado

O próximo jogo da União de Santarém frente ao 1º de Dezembro a contar para 4ª jornada do Campeonato de Portugal foi adiado devido a casos de covid-19 na equipa adversária.

Este é já o terceiro jogo que a equipa escalabitana tem adiado devido à actual pandemia. O jogo foi remarcado para o dia 1 de Dezembro.

Para além da União de Santarém, também o jogo entre o CD Fátima e o FC Alverca se encontra adiado.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS