“Uma Escola onde o futuro se constrói no presente, com todos e para todos, melhor a cada dia que passa”

A Escola Superior de Saúde de Santarém assinala este ano os seus 47 anos de vida e 20 anos no actual edifício. No âmbito da sua missão tem-se pautado pela construção do conhecimento e da formação de excelência na Enfermagem e na Saúde.

Ao nível do ensino, a Escola vive um momento de renovação do modelo de oferta formativa no quadro dos desafios resultantes das necessidades de formação emergentes na área da saúde ao nível regional, nacional e internacional. Assim a oferta formativa caracteriza-se hoje pela proposta de novos cursos para além da licenciatura em Enfermagem, nomeadamente a submissão de uma licenciatura em Podologia em associação com duas Instituições de Ensino Superior e dois novos cursos de mestrado na área de Enfermagem: Mestrado em Enfermagem Comunitária – Área de enfermagem comunitária e saúde pública e Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica – Área da pessoa em situação crítica. Para além desta oferta formativa, e após um trabalho de identificação das necessidades do mercado de trabalho, foram recentemente criados dois novos cursos TeSP – um em Apoio Domiciliário já em funcionamento e outro em Secretariado em Saúde, que se iniciará no próximo ano letivo. Encontra-se outro proposto, na área da Proteção e Apoio à Pessoa Idosa de que se aguarda parecer. O investimento em formações de curta duração tem também sido estratégica, pelo que foi criada um pós-graduação em Enfermagem de Senologia resultante de um estímulo lançado pelo Hospital de Santarém e respondendo a necessidades emergentes em áreas da saúde.

Na área da investigação, desenvolvimento e transferência do conhecimento a Escola tem feito uma aposta no desenvolvimento de projectos de I&D que reforcem a ligação à comunidade local e regional, extensiva à realidade nacional e internacional seja enquanto promotora de novos projectos, seja enquanto copromotora em projectos de investigação com outras instituições de ensino superior. No que concerne à área da internacionalização, a Escola tem adquirido progressivamente uma nova dimensão estratégica e multicultural que se tem fortalecido pelo aprofundamento das relações de cooperação com Instituições de Ensino Superior estrangeiras, seja na Europa ou outros continentes, com especial ênfase no Brasil e Países da CPLP.

PUBLICIDADE

Pode afirmar-se que a orientação estratégica definida para a Escola tem sido conduzida muito particularmente numa área que urge romper, a monodisciplinaridade e na consolidação do ensino, da investigação e desenvolvimento e na cooperação institucional que têm marcado os mais de 40 anos de história da Escola. Uma Escola onde o futuro se constrói no presente sempre com a motivação de construir uma Escola com todos e para todos e que seja melhor a cada dia que passa.

Dr.ª Hélia Dias – Directora da Escola Superior de Saúde de Santarém

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS