VÍDEO | Primeiro centro de cycling do Ribatejo inaugurado no Arripiado

O primeiro centro de cycling do Ribatejo foi inaugurado na manhã desta segunda-feira, 10 de Fevereiro, no Arripiado, concelho da Chamusca, numa cerimónia que contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques e António Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional do Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR).

Esta infraestrutura, também conhecida como Centro de BTT do Arripiado, é a primeira de 11 a ser inaugurada pela ERTAR, que pretende ter com o projecto “Cycling Alentejo e Ribatejo” cerca de 3500 quilómetros de trilhos dedicados a este desporto, desde o Arripiado até Almodôvar e Ourique.

A região do Ribatejo vai receber duas infraestruturas deste tipo, estando a segunda projectada para o concelho de Coruche.

PUBLICIDADE

Segundo Ceia da Silva, este projecto pretende dinamizar o turismo associado a esta prática desportiva e aos praticantes de desportos da natureza.

O espaço escolhido para acolher a “Bike Station” foi a antiga escola primária da aldeia ribeirinha. O equipamento oferece um total de 20 camas, uma zona de lavagem de bicicletas, uma oficina com ferramentas para pequenas reparações, balneários para duches e WC’s, e ainda uma zona de apoio para convívio e refeições, sendo gerida futuramente pela União Cultural e Desportiva Arripiadense (UCDA) que também marcou os percurso e trilhos na zona.

A Câmara Municipal da Chamusca investiu cerca de 60 mil euros em obras de adaptação do espaço, sendo que 24.357,04 euros, foram financiados a 90% aprovados numa candidatura. Uma verba de 35.654,68 euros foi investida directamente pela autarquia para fornecimento e montagem de rampa, revestimento de muros, adaptação de espaço para receber as Bikestation, conservação e requalificação de pintura do edifício de BTT e do edifício de apoio e muros do Arripiado.

Paulo Queimado, presidente da Câmara da Chamusca, refere que o retorno do investimento feito no equipamento é o mais importante neste projecto.

A candidatura para a dinamização dos percursos de cycling e de walking no Alentejo e Ribatejo foi apresentada em conjunto pela ERTAR e pelos municípios, num investimento global a rondar os 691 mil euros.

Rita Marques, secretária de Estado do Turismo, diz que é preciso fazer mais e melhor e para isso é necessário haver mais recursos para valorizar os territórios.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS