Zambujo, Salvador Sobral e Vitorino são apostas do ‘Santarém Cultura’

António Zambujo, a 12 de Abril, Salvador Sobral a 4 de Maio e Cordis e Vitorino, a 20 de Junho, espectáculo que marca a abertura da edição deste ano do ‘In. Santarém’, são três das apostas da ‘Santarém Cultura’ para o segundo trimestre deste ano.

O programa foi apresentado esta tarde pelo programador João Aidos e pela vereadora da Cultura da Câmara de Santarém, Inês Barroso.

A estes três concertos, junta-se ainda Ricardo Ribeiro, no CNEMA, a 18 de Maio, e a Masterclasse de João Garcia Miguel, no decorrer do Encontro Internacional de Cursos de Interpretação que decorrerá em Santarém de 1 a 5 de Abril.

PUBLICIDADE

A Companhia Ludovica Rambelli, na Sé Catedral, a 13 de Abril, e Hamlet, pela Companhia do Chapitô a 25 de Maio, no Teatro Sá da Bandeira, são outras propostas culturais para a cidade.

A 15 de Maio, a Casa do Brasil recebe a inauguração da exposição dos 150 Anos de Elevação de Santarém a Cidade.

Depois de um primeiro trimestre em que a aposta foi, segundo João Aidos, a “fidelização de públicos” e o “despertar os afectos e os sentidos das comunidades”, o segundo trimestre da programação da “Santarém Cultura” traz-nos, segundo o programador, uma oferta cultural “diversificada e de qualidade”.

A proposta de programação do ‘Santarém Cultura’ para o segundo trimestre deste ano assume Santarém como “cidade na rota de digressão de espectáculos de referência nacional” e reforça a aposta num “programa para famílias, de envolvimento da comunidade e de integração de instituições e jovens em idade escolar”, referiu João Aidos.

“Cimentar projectos com agentes e associações culturais” é outra das apostas, envolvendo a comunidade escolar, as IPSS’s e as Juntas de Freguesia, “com vista ao desenvolvimento de projectos de intervenção artística e cultural nessas localidades.”

Incentivada estará a parceria com o Cine Clube de Santarém numa aposta em cinema de qualidade e o acolhimento de extensões de festivais como o Indie Lisboa, bem como a aproximação à Companhia Nacional de Bailado e aos Teatros Nacional D. Maria II e São Carlos.

Dia 28 de Março (quinta-feira), Santarém acolherá o Dia da Arte em Rede, no Teatro Sá da Bandeira.

Em Junho, o Dia Internacional da Criança será celebrado num Convento de S. Francisco de portas abertas às famílias e a oferta de actividades contínuas durante todo o dia.

A vereadora da Cultura da Câmara de Santarém, Inês Barroso, sublinhou o “salto qualitativo” dado com esta programação, com “espectáculos esgotados”, destacando ainda o “esforço” da autarquia e da empresa em “dar melhor dignidade aos espaços culturais da cidade”.

A empresa J. Aidos-Consultadoria e Gestão de Projectos, Lda venceu o concurso público para desenvolvimento de um projecto cultural para o concelho denominado “Santarém Cultura”. O contrato foi assinado no passado dia 03 de Agosto, por um período de um ano, no valor de 74 mil euros.

O projecto contempla, entre outras cláusulas: apoio na definição do Projecto Artístico, nomeadamente, na elaboração da programação artística em todos os espaços culturais municipais e no apoio da gestão cultural às freguesias do Concelho; apoio para a implementação de acordos de parceria e participação em redes de programação com associações e agentes culturais; coordenação de processos de candidaturas a fundos e a projectos; formação; construção do mapeamento cultural da região, com contributos para a elaboração do Plano Estratégico da Cultura de Santarém.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS