Alunos de Alcanede representam distrito no Parlamento dos Jovens

A Escola Básica de Alcanede, do Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, foi eleita para representar o Círculo Eleitoral de Santarém na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens que debate este ano as “Alterações Climáticas – Salvar os Oceanos”. A sessão decorre nos dias 6 e 7 de maio, na Assembleia da República.

A par desta eleição, também foram eleitos para a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, os alunos da Escola Básica de Alcanede – deputados Beatriz Carvalho e Diogo Vital que vão representar o distrito na Sessão Nacional e Diogo Vital como deputado eleito porta-voz Distrital.

No dia 6 de maio, após a cerimónia de abertura, prevê-se que os Projectos de Recomendação de cada distrito sejam apresentados. No dia 7 de maio procede-se à elaboração do Projecto de Recomendação Nacional para apresentar à Assembleia da República.

PUBLICIDADE

Os alunos da Escola Básica de Alcanede, Bruno Lopes coadjuvados pelo professor Bruno Lopes, coordenador do projecto do Parlamento dos Jovens da Escola Básica de Alcanede começaram a trabalhar logo no início do ano lectivo e em Outubro formaram quatro listas, cada uma com dez alunos.

Cada lista elaborou um Projecto de Recomendação que serviu de base a todo o trabalho desenvolvido. Nos meses de Novembro e Dezembro os elementos de cada lista realizaram a campanha eleitoral e divulgaram as medidas que constavam no seu Projecto de Recomendação.

Em Janeiro a Escola Básica de Alcanede recebeu a visita da deputada Teresa Leal Coelho que presidiu ao debate da Sessão Escolar, durante a qual foi aprovado o Projecto de Recomendação de Escola, com a votação dos quarenta elementos que compunham as quatro listas.

O Projeto de Recomendação apresentou as seguintes medidas:

– Fiscalização nas praias – no período balnear, de Maio e Outubro, propõe-se a obrigatoriedade da permanência diária de pelo menos dois agentes da autoridade, de modo a detectar as pessoas que não depositam as embalagens, beatas, entre outros lixos nos locais próprios. As infracções detectadas devem ter como penalização a realização de trabalho comunitário, tais como: limpeza do areal, jardins, edifícios públicos, entre outros.

– Tratamento de Águas em Zonas Industriais – em todas as zonas industriais, devidamente licenciadas, é obrigatória a construção de uma ETAR. Os custos destas infraestruturas devem ser repartidos da seguinte forma: do custo total, 40% deve ser assumido pelo poder central – Estado, e 60% repartido pelas empresas existentes nessa zona industrial, tendo por base o consumo dos m3 de água.

Os eventuais valores das coimas aplicadas às empresas incumpridoras devem ter como destino a edificação de novas infraestruturas.

– Limpeza de praias – as instituições, como instituições de ensino e instituições sociais, têm de criar acções periódicas de voluntariado com o objectivo de realizar limpezas às praias fluviais ou costeiras mais próximas geograficamente de cada instituição.

No dia 23 de Janeiro, a Escola Básica de Alcanede elegeu quatro deputados de três listas diferentes: Beatriz Carvalho, Diogo Vital, Sofia Felicidade e Rafael Virtudes. Estes quatro deputados vão representar a Escola Básica de Alcanede na Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens.

Em Fevereiro, Maria Ferreira prestou provas no na Direcção Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ – Instituto Português de Desporto e Juventude – Serviço Desconcentrado de Santarém para a Mesa da Sessão Distrital e foi eleita Vice-Presidente da mesa pelos seus pares das escolas do distrito de Santarém.

No dia 11 de Março, a Sessão Distrital de Santarém do Parlamento dos Jovens – Ensino Básico decorreu na Casa dos Patudos, em Alpiarça, e contou com a participação de 68 alunos de 17 escolas do Distrito.

Nesta sessão, a Escola Básica de Alcanede elegeu o seu Projecto de Recomendação, com a qual vai representar o Distrito na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, na Assembleia da República. Foram ainda eleitos os deputados Beatriz Carvalho e Diogo Vital que vão representar o distrito de Santarém na Sessão Nacional, enquanto o deputado Diogo Vital foi eleito porta-voz Distrital.

Em 2018, as alunas do 9º ano de escolaridade da Escola Básica de Alcanede, que pertence ao Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, participaram e apresentaram um Projecto de Recomendação no “Parlamento dos Jovens” para o Ensino Básico, dedicado à temática da Igualdade de Género, que decorreu na Sala da Assembleia Municipal, no dia 26 de Fevereiro de 2018, e que, por apenas 2 votos, não passou à fase nacional, que levaria o seu Projecto a ser apresentado na Assembleia da República. O trabalho que desenvolveram deu-lhes a oportunidade de realizarem uma visita de estudo ao Parlamento Europeu, em Abril de 2018, no âmbito duma candidatura do Projecto “Clube Europeu”, que desenvolveram na Escola que frequentam, a cargo dos professores Matilde Ferreira e Alfredo Oliveira.

O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República em colaboração com outras entidades, dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, que culmina com a realização de duas Sessões Nacionais no Parlamento.

Este programa tem como objectivo promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pelo debate de temas de actualidade. Culmina com a realização de duas Sessões Nacionais na Assembleia da República preparadas ao longo do ano lectivo, com participação de Deputados, designadamente da Comissão de Educação, Ciência e Cultura, órgão parlamentar responsável pela orientação do programa. Todas as Escolas do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do secundário são convidadas a participar.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS