D. José Traquina destaca necessidade de “salvaguardar a vida humana” e partilhar “experiência de fraternidade”

O presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana afirma que se tem de “salvaguardar a vida humana” e é preciso “viver com muito realismo” perante a crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Numa entrevista à Agência ECCLESIA, o bispo de Santarém considera ainda ser necessário “fazer projecções, programar”, mas, para já, em cada dia para viver “é preciso ser positivo, ser animado e ter esperança”.4

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS