Lar de Santo António de Santarém assinala dia da instituição com Festa popular

O Lar de Santo António de Santarém, instituição particular de solidariedade social (IPSS), que tem como missão acolher crianças e jovens do sexo feminino que careçam de enquadramento residencial, realizou na tarde da passada sexta-feira, dia 15, a sua Festa de Santo António.

Este momento de festa celebra o final de mais um ano lectivo, em que algumas das meninas da instituição vão de férias para casa e outras terminam mesmo o seu percurso de institucionalização. É um momento de juntar a comunidade, entidades, parceiros, amigos e fornecedores do Lar, momento de celebrar e agradecer, bem como de assinalar o dia de Santo António, padroeiro da instituição, como explicou ao Correio do Ribatejo Maria Emília Rufino, presidente da direcção do Lar.

Actualmente com 17 raparigas institucionalizadas, Maria Emília Rufino faz também uma breve apresentação do actual momento da instituição, que tem capacidade para acolher mais utentes, sendo que esse preenchimento de vagas é da responsabilidade da Segurança Social. O baixo número de adolescentes a viver no lar, deve-se também ao facto de que cada vez a institucionalização ser feita mais tarde e após outras tentativas de resolução dos problemas de várias ordens, nomeadamente os de cariz familiar identificados pelas CPCJ – Comissões de Protecção de Crianças e Jovens e pela própria Segurança Social.

(notícia desenvolvida na edição impressa de 22 de Junho)

info, , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS