A Ordem dos Advogados (OA) vai entregar sábado, Dia do Advogado, a Medalha de Honra ao advogado escalabitano João Luiz Madeira Lopes, numa cerimónia que decorrerá em Lagoa, no Algarve.

A distinção é justificada pelo Conselho Geral da Ordem dos Advogados por Madeira Lopes, actualmente com 74 anos, ter, ao longo da sua vida de advogado e de cidadão, “contribuído de forma relevante para a dignidade da advocacia portuguesa e para o prestígio da Ordem dos Advogados”.

Numa nota enviada à Lusa, é realçado o carácter “humanista” e “conciliador”, bem como a “determinação e a persistência na luta pelos ideais em que acredita”, destacando-se a sua participação na crise estudantil de 1961-1962 (foi residente da Real República Prá-Kis-tão, em Coimbra, de que ainda faz parte), no II Congresso Republicano de Aveiro, em 1969, e no III Congresso da Oposição Democrática, em 1973, tendo sido dirigente da CDE e de estruturas da OA, integrando o Conselho Superior do Ministério Público, currículo a que se junta o envolvimento em associações culturais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Loja da Cavalinho assaltada no Centro Histórico de Santarém

A loja do Cavalinho foi alvo de um assalto na madrugada desta…

Colisão entre motociclo e ligeiro de passageiros provoca um ferido grave na EN 118

Um ferido grave é o resultado de uma colisão entre um motociclo…

Advogado positivo à covid-19 obriga Tribunal de Santarém a accionar o Plano de Contingência

As próximas sessões do julgamento de Tancos foram canceladas depois de um…