Ordem dos Advogados atribui Medalha de Honra a João Luiz Madeira Lopes

A Ordem dos Advogados (OA) vai entregar sábado, Dia do Advogado, a Medalha de Honra ao advogado escalabitano João Luiz Madeira Lopes, numa cerimónia que decorrerá em Lagoa, no Algarve.

A distinção é justificada pelo Conselho Geral da Ordem dos Advogados por Madeira Lopes, actualmente com 74 anos, ter, ao longo da sua vida de advogado e de cidadão, “contribuído de forma relevante para a dignidade da advocacia portuguesa e para o prestígio da Ordem dos Advogados”.

Numa nota enviada à Lusa, é realçado o carácter “humanista” e “conciliador”, bem como a “determinação e a persistência na luta pelos ideais em que acredita”, destacando-se a sua participação na crise estudantil de 1961-1962 (foi residente da Real República Prá-Kis-tão, em Coimbra, de que ainda faz parte), no II Congresso Republicano de Aveiro, em 1969, e no III Congresso da Oposição Democrática, em 1973, tendo sido dirigente da CDE e de estruturas da OA, integrando o Conselho Superior do Ministério Público, currículo a que se junta o envolvimento em associações culturais.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS