A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior aprovou 30 candidaturas no âmbito do Sistema de Apoio ao Emprego e Empreendedorismo + CO3SO Emprego Interior e Empreendedorismo Social para apoiar a criação de 50 de postos de trabalho na região.

Estas candidaturas somam um investimento de mais de 2,8 milhões de euros nas duas modalidades para comparticipar integralmente 36 meses de salário, custos directos e 40 por cento dos associados aos empregos a criar.

No final de Dezembro, os promotores das 38 candidaturas ao + CO3SO Emprego, que solicitam apoio para a criação de 83 novos empregos em Abrantes, Constância e Sardoal, num valor total de 4,7 milhões de euros, tomaram conhecimento das análises efectuadas pelo Grupo de Ação Local (GAL) do Ribatejo Interior. Estes beneficiários, dos avisos da TAGUS, foram dos primeiros cinco da região Centro a serem notificados das decisões dos concursos, no âmbito do Programa Operacional Regional (POR) do Centro, do Portugal 2020, e co-financiados pelo Fundo Social Europeu (FSE).

PUBLICIDADE

Assim, a TAGUS deu o parecer positivo a 27 pedidos de apoio, dos 34 candidatos ao + CO3SO Emprego Interior. Estas micro e pequenas empresas e empresários em nome individual propõem-se a criar 47 novas contratações de desempregados, inactivos ou o próprio emprego, num apoio que soma 2.613.378,07 €.

Já no aviso destinado ao Empreendedorismo Social, foram aprovadas 3 candidaturas, das 4 apresentadas por cooperativas, associações mutualistas, misericórdias, fundações, instituições particulares de solidariedade social, associações culturais, recreativas, do desporto e do desenvolvimento local, entre outras, que pretendem dar resposta a problemas sociais negligenciados na região, criando 3 novos postos de trabalho, com 241.405,41 € de apoio.

O +COESO Emprego é um programa destinado a apoiar a criação de novos postos de trabalho, incluindo os custos inerentes, em empresas e entidades da economia social, previsto pelo POR do Centro e operacionalizado no Ribatejo Interior através da TAGUS, no âmbito da sua Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária.

Assim para Abrantes, Constância e Sardoal conta com a aplicação de duas modalidades o Interior e o Empreendedorismo Social. O aviso de abertura de candidaturas ao + CO3SO Emprego Interior foi suspenso a 15 de Setembro, dado os pedidos de apoio terem esgotado a dotação de 500.784,54 euros, disponíveis para o concurso. O do Empreendedorismo Social esteve a receber candidaturas até 16 de Novembro com a verba disponível de 250.392,26 euros.

As decisões, em relação às candidaturas, estão agora em fase de audiência de interessados, para que posteriormente sejam conhecidos os resultados finais, assim como o reforço da verba disponível para que um maior número de projeto conte com a apoio para criar mais emprego para a região.

PUBLICIDADE
Leia também...

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Rotary Clube de Santarém distingue Sílvia Carreira como profissional do ano

Sílvia Carreira, directora técnica do Lar Gualdim, do Centro Social Interparoquial de…

“Os pequenos produtores não podem ser abandonados”

João Mendes – Fio Dourado DIVULGAÇÃO APRODER O lagar de azeite da…

Câmara de Santarém pede 270 mil euros ao BEI para requalificação de avenida

A Câmara de Santarém aprovou hoje a contracção de um empréstimo de…