A obra foi inaugurada no sábado, dia 26 de Fevereiro, num evento que contou com mais de uma centena de participantes. O percurso inicia-se junto à foz do rio Zêzere, com passagem em Praia do Ribatejo, Castelo de Almourol e Tancos, e termina no parque ribeirinho de Vila Nova da Barquinha.

Luiz Vaz de Camões, Galiana, Castelo e Lampreia eram algumas das designações dos trilhos criados há mais de uma década pelos membros do Grupo de Cicloturismo Barquinhense, de Vila Nova da Barquinha, e que agora deram origem ao Trilho Panorâmico do Tejo. Há muito procurados pelos amantes de BTT de todo o país, os percursos junto aos rios Zêzere e Tejo ganharam fama pela beleza da paisagem natural e do património que os caracterizam.

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha uniu todos esses troços que se interligavam entre si e tornou o percurso mais seguro, com a introdução de pontes, passadiços, corrimãos, miradouros e áreas de lazer. A autarquia eliminou barreiras e obteve as respectivas autorizações e expropriações para garantir a passagem em toda a extensão do trilho, entre a foz do Rio Zêzere e Vila Nova da Barquinha.

O Trilho Panorâmico do Tejo foi integrado no projecto Rotas e Percursos do Médio Tejo, uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal. Trata-se de um investimento de cerca de 300 mil euros, financiados em 85% através de fundos comunitários, através do Portugal 2020.

Aquele que é o primeiro percurso pedestre em homologação no concelho de Vila Nova da Barquinha foi integrado da Grande Rota do Tejo e é tecnicamente designado por GR12 E7 – Etapa Panorâmica Tejo – Almourol.

A obra foi inaugurada no sábado, dia 26 de Fevereiro, num evento que contou com mais de uma centena de participantes, com a presença de autarcas e entidades locais, numa iniciativa aberta à população. Fernando Freire, Presidente da Câmara, acompanhado por António Ribeiro, Presidente da Assembleia Municipal, fizeram as honras da casa aos convidados, ciclistas e caminheiros que estrearam oficialmente o novo percurso.

O acontecimento contou com vários apontamentos históricos, momentos de degustação e animação, onde não faltaram personagens como Napoleão, a Rainha D. Maria II e o seu pajem, as lavadeiras da Fonte da Galiana, o Frade Ambrósio, os cavaleiros templários, o calafate e as mulheres do povo.

A organização da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha teve a parceria do Grupo de Teatro da FOS – Formação Ocupacional de Seniores, restaurante Almourol, Galeria Gourmet “O Cantinho” e o apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha.

O Trilho Panorâmico do Tejo está apto a receber visitantes durante todo o ano, que podem percorrê-lo a caminhar ou a pedalar, de forma gratuita. Tem uma extensão de cerca de 10,5 quilómetros à beira rio, num percurso linear com duração aproximada de 2h30m, de grau de dificuldade II (fácil), permitindo aos visitantes um contacto único com a natureza, num cenário de enorme beleza paisagística. Com passagem no Castelo de Almourol, monumento nacional que em 2021 assinalou o seu 850.º aniversário, o trajecto tem o Fluviário Foz do Zêzere, a Igreja Matriz de Tancos, o Parque de Escultura Contemporânea e o Centro de Interpretação Templário como outros pontos fortes deste novo produto turístico, rico em património histórico e natural.

Ainda no concelho de Vila Nova da Barquinha merecem destaque a Igreja Matriz de Atalaia – monumento nacional recentemente alvo de obras de requalificação, o Centro Integrado de Educação em Ciências, a Galeria do Parque (com curadoria da Fundação EDP) ou o roteiro de Arte Pública, um projecto artístico com obras espalhadas pelas ruas das vilas e aldeias de todo o concelho.

Leia também...

Rio Maior aposta em baloiço turístico nas Salinas Naturais

A Câmara Municipal de Rio Maior instalou um novo baloiço turístico nas…

VÍDEO | Turismo aumenta na Albufeira de Castelo do Bode em busca do “pedaço português de céu”

O turismo aumentou este ano na Albufeira de Castelo de Bode, entre…

Parque de Caravanismo de Santarém já tem fundos comunitários aprovados

O futuro Parque de Caravanismo de Santarém já tem os fundos comunitários…

Percurso pedestre de 50 km liga Rio Maior a Fátima

O Caminho dos Candeeiros (Caminhos de Fátima), é o primeiro passo de…