A exposição temporária “A tiragem da cortiça: antes e depois” abre portas esta terça-feira, dia 1 de Junho, pelas 18h00, no Núcleo Rural de Coruche, e estará patente até 31 de Maio de 2022.

A mostra é organizada pelo Núcleo Rural de Coruche, em parceria com o consórcio EEC PROVERE “Montado de Sobro e Cortiça”, e aborda as práticas e o saber-fazer associados à tiragem da cortiça como parte do vasto património cultural imaterial da comunidade coruchense.

Interpretando essa realidade, a exposição surge na sequência do processo para a inclusão da tiragem da cortiça em Coruche no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial e, numa perspectiva mais ampla, alinha também o Núcleo Rural de Coruche com a visão estratégica do Município face à fileira da cortiça no século XXI.

Recorde-se, por fim, que o Município de Coruche candidatou a actividade da tiragem da cortiça ao Inventário Nacional do Património Cultural imaterial e aguarda a sua apreciação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.

“Inspiro-me muito nas minhas vivências e nas raízes em Alpiarça“

Joana Almeirante é natural do concelho de Santa Maria da Feira, mas…